Dia do Programador + Configuraçao de Rede no Slackware 13.1

13/09/2010

Slackware network

Faz tempo que não posto nada. Então, mais um post não muito grande.

Primeiramente, hoje, 13 de setembro, é o dia do Programador. Esse dia foi escolhido por ser o 256º dia do ano (em anos bissextos, dia 12 de setembro) e 256 é o número de valores distintos que podem ser representados com 1 byte de 8 bits. Googleando um pouco, é fácil achar mais informações sobre esse dia. Então, aqui ficam as congratulações a nós, programadores. Pena que aqui não foi instituido feriado profissional oficial, como na Rússia.

Agora, uma dica para quem usa Slackware 13.1 e não quer configurar a rede na mão. Não sei se alguém já conseguiu usar o gerenciador de redes do KDE 4 (no Slackware, é claro), mas comigo nunca funcionou e sempre mostra um erro de parsing de XML ou uma mensagem de que a plataforma não foi detectada. Continue lendo »


13 de setembro: dia do programador

13/09/2009
Banner - Dia do programador

Hoje, 13 de setembro, é o dia do programador. Como faz tempo que não posto nada (TCC, aula, academia e trabalho são os culpados), um post dedicado a todos os programadores, desenvolvedores, garotos de programas, developers e coisas parecidas.

Esse dia foi escolhido pois é o 256° dia do ano (nos anos bissextos, dia 12 de setembro). A wikipedia diz que esse dia foi escolhido pois 256 é o número de valores distintos que podem ser representados por um byte de oito bits e também porque é a maior potência de 2 abaixo de 365 (dias em um ano). Continue lendo »


Kernel será tema de sessão conectada

18/06/2009

Kernel Linux

Notícia publicada no site do FISL:

Kernel será tema de sessão conectada

qua, 17/06/2009 – 11:51

Em seus próprios laptops, participantes vão colocar em prática os conceitos apresentados durante a palestra

Continue lendo »


O desenvolvimento de um projeto

16/05/2009

Bom… essa história já rola na Internet há muito tempo. Mas o que eu havia visto não era tão completo e comentado como esse. É a velha história dos projetos de desenvolvimento. Muita gente envolvida, pouca coisa feita da forma correta. O resultado? Segue abaixo.

Como o cliente explicou

Como o cliente explicou

O cliente / usuário sempre explica o que quer de forma tão absurda que nem com muita cerveja se consegue entender. Pior é que normalmente pensa que sua necessidade é a mais elevada e relevante do universo, que suas vontades devem atendidas com o máximo de prioridade que possa existir.

Continue lendo »